Blog

Dentistas em Curitiba especializadas em Próteses dentais, Ortodontia (aparelhos), Lentes de contato dentais. Odontologia estética e tratamentos faciais.

Problemas bucais na terceira idade

Com o passar dos anos o nosso corpo vai mudando e é natural que os cuidados com a saúde também se alterem, inserindo a reposição de alguns nutrientes, a realização de alguns tratamentos e visitas mais frequentes aos profissionais da área da saúde, como médicos, dentistas, fisioterapeutas, etc.

 

A saúde bucal também deve ter atenção adequada em cada fase da vida. Os cuidados corretos com os dentes e boca em geral, garantem ao paciente não somente a longevidade dos dentes, implantes ou próteses, mas são fundamentais para a qualidade de vida, melhorando o sono, a mastigação dos alimentos, a autoestima e muitos outros fatores.

 

“Com o passar do tempo, e chegando na terceira idade avançada, é normal o paciente ter uma destreza manual prejudicada.  E o que faz os dentes estarem saudáveis são as constantes higienizações, e que elas sejam corretamente realizadas. Por isso é tão importante chegar nessa idade com a saúde bucal em dia.”, afirma a Dra. Emanuele Piccinin.

 

Doenças comuns da terceira idade

 

Como a saúde vai ficando mais frágil, muitos medicamentos passam a ser parte da rotina cotidiana, como por exemplo alguns antidepressivos. Esses fármacos em alguns casos pode causar a Xerostomia, que nada mais é do que a diminuição da produção e saliva, deixando a boca seca e mais suscetível ao aparecimento de cáries. A Xerostomia aparece também nos quadros de câncer, onde o paciente se submete ao tratamento de radioterapia, e esse tratamento agrava o fator “fluxo salivar”. Para aliviar esses sintomas, o cirurgião dentista indica uso de “saliva artificial” que pode ser manipulada e/ou comprada pronta na forma de gel ( essa mais comumente encontrada em farmácias Americanas, fora do Brasil).

 

O zelo vai além dos dentes: é preciso também um cuidado especial com a gengiva, que pode sofrer retração, deixando os dentes com o aspecto mais longo e expondo as raízes dos dentes – deixando a dentina mais sensível (causando desconforto para comer e beber) e possibilitando o surgimento de “cárie de raiz”.

 

Os idosos devem estar sempre atentos à retração da gengiva e também com a periodontite, que é um problema de inflamação gengival que, se não receber o tratamento adequada, pode ocasionar a perda do osso de suporte dos dentes, fazendo com que eles fiquem amolecidos e consequentemente à perda do elemento dental tão importante para essa fase de vida.

 

Em todos os casos, a orientação correta e acompanhado com o cirurgião dentista é o que vai garantir que a saúde bucal seja bem cuidada na terceira idade.

 

Responsável Técnico : Juliana Chioquetta da Rosa CRO/PR 16334 | CLM 3080

Edifício GV Office Center

Av. Presidente Getúlio Vargas, nº 3620 - sala 501 · Curitiba/PR

(41) 3618-6068 · (41) 3618-6067

×